CASES LINKLAB

Parceria entre WiFeed e Teltec na rede Wi-Fi do Startup Summit concretiza sucesso do projeto

A parceria entre WiFeed e Teltec gerou um engajamento de 93% do público que acessou o Wi-Fi no Startup Summit para as empresas patrocinadoras do projeto, Inovabra e Ambev. As duas associadas à ACATE foram conectadas pelo LinkLab, programa de inovação aberta da Associação Catarinense de Tecnologia. A Teltec foi a fornecedora da internet via Wi-Fi do evento, que aconteceu durante os dias 15 e 16 de agosto. Das 4 mil pessoas que participaram do Startup Summit, 1901 acessaram a internet gratuita via Wi-Fi. A WiFeed, plataforma de mídia que veicula anúncios através do Wi-Fi, se uniu ao projeto com o objetivo de monetizar parte do serviço, transmitindo as campanhas publicitárias da cervejaria Ambev e do Inovabra, programa do banco Bradesco. Durante o Startup Summit, o usuário tinha acesso ao Wi-Fi de forma gratuita após inserir alguns dados pessoais, como sexo, idade e e-mail – o telefone era opcional – e ser impactado por uma campanha de um dos dois patrocinadores do projeto, Ambev e Inovabra. De acordo com a WiFeed, foram gerados nos dois dias de evento 1901 leads, que resultaram em um engajamento de 93% – taxa de usuários que interagiram de alguma forma com a campanha. A plataforma da WiFeed não obriga a interação com a campanha publicitária para ter acesso ao Wi-Fi. De acordo com o CEO e co-fundador da startup, Bruno Guimarães, esse evento foi essencial para o portfólio da WiFeed. “Nos faltava um case deste tamanho, com essa quantidade grande de acessos, para podermos prospectar clientes maiores. Ficamos felizes com o resultado, nosso sistema funcionou muito bem” celebra. Para o head de inovação da Teltec, David Silva, a experiência também foi produtiva. “O fluxo de acessos foi muito grande, e mesmo assim a campanha funcionou normalmente. Isso nos deu segurança para replicarmos essa ação em outros eventos deste porte”, destacou David.     Satisfeita com o resultado no evento, a Ambev visa ampliar a parceria com a WiFeed. O sistema da startup será instalado em dez quiosques Chopp Brahma, localizados em Santa Catarina, São Paulo e Rio de Janeiro. O Startup Summit traz boas lembranças para WiFeed e Teltec. Não apenas pela campanha bem sucedida neste ano, mas também pelo evento ser o local em que a startup e a corporate se encontraram pela primeira vez. No ano passado, a Teltec se mostrou interessada no projeto da startup e a indicou ao LinkLab, que é o programa da ACATE responsável por conectar empresas nascentes a médias e grandes empresas. LinkLab As duas empresas destacaram a importância do LinkLab para o alcance dos seus objetivos. O programa de inovação aberta da ACATE possui sedes no CIA Primavera, CIA São José e será inaugurado no Ágora Tech Park, em Joinville, em setembro. O resultado positivo da conexão entre a WiFeed (startup) com a Teltec (corporate) corrobora os indicadores do programa, que tem taxa de 43% de sucesso nos negócios fechados. Desde outubro de 2018, quando a WiFeed entrou no LinkLab, a empresa, que possuía poucos clientes, aumentou seu ticket médio em 500% e o faturamento em 1500%. O crescimento médio de faturamento das startups no LinkLab é de 118%. Para Bruno Guimarães, o desenvolvimento da empresa não aconteceu só nos números. “Ao entrarmos no LinkLab, também nos inserimos nesse ecossistema, começamos a participar dos eventos e nos tornamos mais vistos. O relacionamento com as startups e as corporates torna o LinkLab um local muito bom para trabalhar”, afirma o CEO da WiFeed. O head de inovação da Teltec, David Silva, também valoriza a experiência no programa de inovação aberta da ACATE. “Entramos como um dos primeiros patrocinadores do LinkLab, em 2017, era uma experiência nova para a Teltec. Desde então, aprendemos bastante e desenvolvemos novas formas de estar conectado a esse ecossistema”, comentou. Além da WiFeed, a Teltec também é conectada pelo LinkLab com as startups Intexfy, VCX e a Keeps.   Fonte: ACATE

Brognoli promove saúde e bem-estar para os funcionários utilizando plataforma da GoGood

A iniciativa de ser uma das marcas patrocinadoras do LinkLab, da ACATE, colocou a Brognoli Negócios Imobiliários em contato com visão de ponta e sinalizou para a fundamental preocupação com o desenvolvimento de uma cultura de bem-estar no ambiente de trabalho. Com a experiência de troca com startups, oferecido pelo LinkLab, foi amadurecido um projeto colaborativo desenvolvido com a GoGood. A GoGood possui uma plataforma de saúde e bem-estar corporativo, apoiada no uso de tecnologias e gamification - os funcionários se integram a uma agradável disputa na qual hábitos mais saudáveis se transformam em pontos, bônus e benefícios. A Brognoli passou a utilizar a plataforma com as equipes de diferentes áreas e agências. A campanha inicial, em seus sete meses de duração, conseguiu angariar a participação de mais de 50% do corpo total de funcionários da imobiliária. Conforme fossem aderindo a hábitos e posturas mais saudáveis, os colaboradores acumulavam pontuação, contabilizada com ajuda de aplicativos que monitoravam e revertiam em pontos atividades como bike e corrida. “Em se tratando de cultura organizacional, a iniciativa também foi excelente, com aumento no engajamento dos colaboradores e perceptível melhoria na qualidade de vida. Nosso corpo de funcionários está mais ativo, satisfeito e melhorou os hábitos de alimentação. Isso tem reflexo direto na qualidade do atendimento, com maior satisfação dos clientes. Mais de 70% dos colaboradores reconhecem e valorizam, de forma mais positiva, nossa preocupação com sua saúde e o impacto social gerado pela atuação da empresa”, analisa o CEO da Brognoli Negócios Imobiliários, Eduardo Barbosa. Veja os índices gerados pela parceria entre Brognoli e GoGood, na primeira etapa da campanha de promoção de qualidade de vida

  • 95 colaboradores participantes,
  • 956 atividades físicas realizadas, 2.900 km de corrida e 3.800 km percorridos de bicicleta;
  • A frequência das atividades físicas dos colaboradores está 40% maior;
  • Redução de 4% no número de afastamentos por atestado;
  • O engajamento dos funcionários com a empresa cresceu 61%;
  • 38% dos participantes consideram que a qualidade da sua alimentação melhorou e 29% declaram adoecer menos;
  • O clima da empresa e a integração entre os colaboradores está melhor para 57% deles;
  • A produtividade pessoal melhorou para 53% das pessoas que aderiram à plataforma;
  • A transformação digital da empresa está mais clara para 85% dos colaboradores;
  • 71% dos usuários também afirmam perceber melhor a preocupação da Brognoli com sua saúde.

Road Labs é premiada em Seminário de Geração da ENGIE

Road Labs foi conectada à ENGIE em 2018 pelo programa de inovação aberta da ACATE, o LinkLab.
O case envolvendo a Road Labs, empresa que atua na gestão de conservação de grandes infraestruturas, conquistou o 3º lugar no 6º Seminário de Geração da ENGIE Brasil Energia, realizado em Florianópolis, dos dias 18 a 20 de março. A startup foi conectada à corporate pelo LinkLab, programa de inovação aberta da ACATE, em 2018. O sistema premiado automatiza processos na gestão de equipes e serviços em reservatórios de hidrelétricas. De acordo com o fundador e um dos sócios da Road Labs, Pedro Fornari, a empresa, criada em 2017, anteriormente havia feito projetos no mercado de infraestrutura, com a gestão e conservação de rodovias. No ano passado, a ENGIE Brasil Energia, uma das corporates que patrocinam o LinkLab, observou uma possível solução no serviço prestado pela startup e iniciou as tratativas para uma parceria. Fornari destacou a importância do LinkLab, espaço em que a empresa está situada até hoje, na concretização do projeto. “A participação do LinkLab no desenvolvimento da Road Labs é bastante significativa. O programa nos ajudou muito, tanto para modelar o negócio – por meio de mentorias e workshops -, quanto no fechamento de novos contratos”. Os representantes do setor de inovação da ENGIE Brasil Energia, Rafael Calado e Mariana Quadros, também destacam o papel do espaço no processo de inovação das grandes empresas. “Nós nunca tínhamos trabalhado com uma startup no Brasil. Estamos há dois anos aqui no LinkLab, que é nosso principal parceiro de inovação aberta para conexão com as startups”, comentou Rafael. “A Road Labs é claramente um case que mostra que esse tipo de conexão com as corporações pode criar valor”, salientou Mariana. Atualmente, as usinas de Itá, no oeste de Santa Catarina, e Machadinho, no extremo norte do Rio Grande do Sul, contam com o HidrOs, sistema da Road Labs para gestão de equipes e serviços, que automatiza processos em reservatórios de hidrelétricas. De acordo com Fornari, os registros que antes eram homologados de três a quatro dias, hoje são feitos em duas horas. O sistema ainda está em processo de adaptação, mas a expectativa é que seja instalado em outras usinas hidrelétricas da ENGIE.
  Fonte: ACATE

Marisol faz POCs com soluções de mapeamento, previsibilidade e inteligência artificial utilizando tecnologia da Deepen

A Deepen é uma empresa de tecnologia focada no aprofundamento da análise de dados, otimizando a transformação de negócios em data-driven e revolucionando o processo de tomada de decisão. A startup atua em 5 diferentes verticais: Franquias/Varejo, Educação, Imobiliário, Marketing e Saúde. No LinkLab, a Deepen conectou-se com 3 empresas patrocinadoras, desenvolvendo projetos nas diferentes verticais e gerando milhares de reais em negócios. Com a Marisol, foram realizados 3 projetos de Prova de Conceito envolvendo soluções de mapeamento, previsibilidade e inteligência artificial. A primeira POC realizada nesta conexão foi o mapeamento para expansão de lojas de uma das redes de franquias da empresa, a partir dos dados comportamento de consumo em uma das lojas, situada em uma cidade do norte catarinense. Assim, a Marisol teve acesso às informações de viabilidade geográfica da abertura da franquia, atingindo mercados potenciais e reduzindo o tempo de pesquisa de mercados potenciais. O segundo projeto foi a Prova de Conceito realizada referente ao tema Inteligência no Abastecimento de Lojas. A partir de um exemplo de uma loja de franquia localizada no interior de São Paulo, a Deepen conseguiu entregar para a Marisol uma visão real do seu negócio, com definições de aumento e diminuição da demanda por produtos. A última, ainda em desenvolvimento, é para Inteligência na definição do mix de produtos em diversos artigos de uma das marcas da Marisol. Assim, o projeto visa gerar uma análise aprofundada de perfis de consumidores, prevendo tendências de mercado e fortalecendo estratégias.