s
About Us
Lorem Ipsum is simply dummy text ofering thetonat sunrising printing and typesetting industry seo is partysipati carma. Lorem Ipsum is simply dummy,
Follow Us

Blog

Big Data: como a análise de dados pode favorecer a sua estratégia

Conheça Big Data e saiba como ele pode ajudar sua empresa a obter melhores resultados.

Por muito tempo, o fato de uma determinada empresa obter sucesso em suas empreitadas era algo encarado com um certo misticismo – como se isso fosse fruto de uma mente brilhante liderando a organização, algum gestor com insights geniais ou uma capacidade sobre-humana de interpretar o mercado.

Não podemos negar que, até hoje, há quem pense assim. Contudo, esse tipo de visão tem deixado de ser a regra para se tornar uma exceção.

Na medida em que estudos mercadológicos e nas áreas da administração, marketing, comportamento do consumidor, tecnologia e outras foram avançando, o mundo dos negócios foi deixando de ser um mar revolto e imprevisível onde quem obtinha os melhores resultados era quem tinha os melhores palpites, para se tornar um ambiente que favorece quem detém dados e informações validadas e as utiliza para guiar suas ações.

A evolução da análise de dados no meio empresarial

Não é novidade que empresas possuam fixação por dados, números, infográficos e afins. Nos discos rígidos de praticamente qualquer empresa você encontra diversas planilhas com informações sobre produção, logística, cadastros de clientes e por aí vai.

Entrando na era da internet, esses dados começaram a também dominar o meio virtual, na forma de bancos de dados que trabalham com softwares e sistemas específicos para uma infinidade de propósitos.

Entretanto, toda essa mentalidade orientada à coleta de dados trouxe alguns problemas novos. Nem sempre a informação coletada era relevante ou verdadeira, por exemplo, bem como foi se tornando cada vez mais difícil organizar os volumes de informação que cresciam de forma exponencial, mesmo que os métodos e sistemas que lidavam com essa informação também estivessem evoluindo.

Diante disso, surgiu uma nova especialidade no meio da tecnologia da informação, uma inovação que causou disrupção na forma com que os profissionais encaravam a tarefa de tratar grande quantidade de dados na busca por mais resultados em suas empresas.

Essa inovação foi o Big Data.

O que é Big Data e como empresas a usam

Big Data é um termo cujo próprio nome já nos dá uma boa ideia do seu propósito: trabalhar com um grande número de dados.

Essa especialidade da tecnologia da informação opera seguindo 5 princípios norteadores, chamados de 5Vs, sendo eles: volume, que faz alusão à grande quantidade de dados com que trabalha; velocidade, referenciando a necessidade de se processar a informação de forma ágil; variedade, dada sua capacidade de trabalhar com inúmeras variáveis; veracidade, implicando a necessidade de processar apenas informações verdadeiras; e valor, firmando o compromisso de ater-se apenas a informações que sejam relevantes e tragam valor para a empresa.

Num primeiro momento, quem já possui pelo menos certa familiaridade com ferramentas de analytics ou business intelligence pode até achar que Big Data é uma repetição de algo que já existe atualmente, só que em proporções maiores. Mas não é bem isso o que acontece.

O grande diferencial da Big Data reside no refinamento dos sistemas e softwares que coletam, organizam e interpretam todas essas informações, diferentemente de métodos mais tradicionais, que dependem do trato de um profissional.

Soluções de Big Data visam o cumprimento dessas tarefas de uma forma fácil de ser compreendida por indivíduos de especialidades diversas, sem necessidade de conhecimento técnico prévio em TI.

Mais que isso, esse processamento de informação por meio de computadores pode oferecer insights muito mais complexos, identificando padrões e traçando correlações que um ou mais profissionais levariam muito mais tempo para detectar, ou seja, permite à empresa transformar dados em vantagens competitivas com muito mais agilidade.
Conheça as startups que fazem parte da primeira rodada do LinkLab e fornecem soluções para Big data: Sixdoo, Intexfy, Spinver, Vality, Big Historian e G4D.